Cuidado com as métricas da vaidade

A internet trouxe um mundo de possibilidades para os negócios, isso não é novidade, e com eles veio a possibilidade de medir o alcance de nossas ações nas mídias online. É possível saber quantas pessoas viram uma publicação, o alcance que ela teve de fato, o que não é possível com um outdoor ou publicação em jornal, no off-line o alcance é apenas uma estimativa que poderá ou não ser alcançada. Também é possível saber o número de pessoas “interessadas” pelo o seu conteúdo, porém, ter muitos fãs ou seguidores nada tem a ver com sucesso da marca, e ainda tem alguns cuidados a tomar, por isso interessadas entre aspas.

Vamos começar conceituando métricas:

Segundo Avinash Kaushik, o pai da web analytics, uma métrica é um número. Este número pode ser o número de leads, de visitas em um site, entre muitas outras comparações. A métrica por si só não são uma garantia de obtenção de resultados, para isso é preciso traçar as métricas com os objetivos e obter as chamadas KPI (indicadores de desempenho).

Levando em consideração apenas as métricas, por exemplo, podemos cair na pegadinha das famosas métricas da vaidade, que nada mais são do que número de fãs de uma página, seguidores de um perfil do instagram, número de curtidas em uma publicação, número de acesso em um site/blog, etc.

Sua fanpage tem muitas curtidas, muitos seguidores, mas qual a porcentagem desse número que realmente compra de você ou interage com a marca, ou que leu o texto até o final e encontrou o que precisava no seu blog?Na maioria das vezes nem metade. Já vi muitos perfis com um número elevado de curtidas e/ou seguidores, com 5 ou 10k, ou até mais, porém, nas publicações nem chegava a 50,100 curtidas, muito menos comentários ou compartilhamentos.

Existem sim os chamados “fãntasmas”, eles curtiram sua página, mas não interagem, estão ali só para observar ou fazer parte do número. Eles podem ser maiores se você realiza sorteio pedindo para curtir, seguir, e/ou compartilhar, por exemplo. Por isso, não se preocupe se a sua fanpage não tem um grande número de fãs, o importante é você obter resultados, alcançar clientes de verdade, fãs que interajam. Não se deslumbre com os números, trabalho de verdade leva tempo, e aos poucos, criando conteúdo você terá resultados e alcançará mais clientes.

Um cuidado extra que você deve tomar, é caso queira fazer uma parceria com um digital influencer ou blogueiro, você sabia que tem muitas pessoas que compram curtidas e seguidores nas redes sociais? Sim, tem mercado para isso também, existem algumas empresas que vendem seguidores e curtidas.

Você já deve ter visto alguns perfis que misteriosamente em pouco tempo obtém um K junto aos seguidores do instagram, em um dia tem 2 mil seguidores e no outro 16 K, isso não existe, este perfil não tem este número de seguidores reais, e você consegue perceber isso ao ver o número de curtidas na publicação, as vezes de 100 a 200 no máximo, as vezes um pouco mais.

Existem muitas pessoas preocupadas com essas métricas de vaidade, e você tem que tomar cuidado para não cair neste golpe, ao investir em um influenciador digital que diz ter 16K de seguidores, você tá investindo em um negócio que não terá o retorno esperado. Sim, isso é errado, poderia criar um publico real, só que leva tempo, e ele(a) não quer investir seu tempo, criando conteúdo de qualidade, para conseguir atrair um número grande de seguidores.

Portanto, tome cuidado, fiscalize, para então tomar a decisão de contar com um influenciador para divulgar seus produtos, para que de fato alcance o publico alvo da sua região, o que você almeja atingir. Não fique chateado se você perceber isso, só não deixe que o seu negócio caia nessa furada, e tenha calma que com tempo e conteúdo de qualidade os seguidores vão surgindo ;).

Internet das coisas (IoT – Internet of Things).

Quando falamos em revolução tecnológica não podemos deixar de falar de internet das coisas, mas afinal, o que é isso?

É a forma como todas as coisas são conectadas e se comunicam entre si e com os usuários. Todos os objetos são conectados por internet. O resultado disso é um mundo mais inteligente e responsivo. Mas de que coisa estamos falando? De qualquer coisa. Por exemplo, você chega em casa depois de um longo dia de trabalho e destrava a porta não com uma chave, mas usando o aplicativo no seu celular, acende as luzes, liga a TV, controla a temperatura do ambiente, coloca o forno para aquecer para assar o jantar, recebe uma confirmação de recebimento do mercado do pedido que receberam mediante o aviso da sua geladeira e maquina de lavar, que enviaram um aviso quando acabou o leite e o sabão em pó, tudo isso enquanto tá deitado no seu sofá fazendo tudo pelo celular ou tablet, futuro? Não mesmo, isso é real, estamos vivendo essa era.

Aos poucos vamos tendo em nossas vidas objetos com tecnologia IoT. Como por exemplo, a pulseira inteligente, que registra movimentos dos usuários para ajudá-los a entender melhor sua saúde. Sem falar nos novos espelhos, além de refletirem, possuem no fundo telas parecidas com a de um celular ou de uma smart TV,  capazes de mostrar feeds de notícias, vídeos e outras informações, como analisar sua pele e dar dicas de cuidados e beleza.

Podemos também ter assistentes virtuais, como a Siri do Iphone por exemplo, porém, nestes casos,  eles são capazes ainda de auxiliar nas tarefas domésticas, como atualizar a lista de supermercado, tocar um determinada música, ligar e desligar outros aparelhos da casa, telefonar para um familiar e assim por diante.

Incrível não é mesmo?

Dica de série: O seriado Black Mirror mostra muito bem questões da realidade da internet das coisas de uma forma talvez, até um pouco chocante, trata de um conflito entre a tecnologia e a natureza humana. Vale a pena assistir para refletir. A série tá disponível na Netflix. Confesso que fiquei refletindo por algum tempo, e até com um pouco de receio, com alguns dos episódios, já que eles tratam de uma forma bem extrema.

Atualização do Instagram organiza comentários em forma de tópicos

Sabe quando você marca um amigo, ou responde ele, em uma imagem no instagram, e  depois fica perdido no meio de uma imensidão de comentários? Aqueles milhares de comentários acabam dificultando a nossa vida não é mesmo? Mas ao que tudo indica nossas problemas acabaram (ufa).

Essa semana o aplicativo divulgou uma nova atualização. O instagram vai organizar os comentários em tópicos. O que vai facilitar e muito a organização das conversas em publicações do app. A partir desse “update” quando você responder a algum comentário, sua resposta irá ficar agrupada logo abaixo. O instagram passou a ficar parecido com o facebook. Como visto na imagem abaixo!

Foto: Divulgação/Instagram

Em nota, a empresa afirmou: “Os tópicos de comentários ajudam você a acompanhar as conversas e facilitar a resposta a um tópico específico. Esta atualização tornará seu feed um lugar ainda melhor para compartilhar interesses, se inspirar e se conectar com outros“.

As atualizações estarão disponíveis para os usuários nas próximas semanas.
Nós adoramos a novidade, e vocês?

 

Grazieli L. Philippi,

24 anos, administradora, pós graduanda em marketing digital, sócia administradora da Effort Digital e que gosta de ler e escrever nas horas vagas.

Quer conhecer a Effort Digital? Nos siga nas redes sociais. Facebook e instagram

Inauguração Turquesa Modas – Braço do Norte

Dia 11, sexta-feira, inaugurou a Turquesa Modas, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 275, no centro de Braço do Norte.  A proprietária, Suzane Ricken, recebeu familiares e amigos com um delicioso coquetel e apresentou as belíssimas peças de sua loja. A inauguração foi registrada pelas lentes de Leandro Allein.

Equipe Turquesa Modas

O projeto da loja ficou por conta da talentosa designer de interiores Julia Silva, e contou também com o carinho nos detalhes da Camila Redivo e equipe da Nandi Decorações. A loja ficou linda e com ar de sofisticação representando, assim, tudo o que ela tem a oferecer em vestuário e acessórios, e conta também com a linha fitness.

Na foto a Designer de Interiores Julia Silva, Suzane Ricken e a Chef Richelli Silva.

Adm. Grazieli L. Philippi e Suzane Ricken

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A logo para a loja foi desenvolvida aqui na Effort Digital, e a Suzane contou também com algumas publicações para as redes sociais. Aproveitamos para parabenizar a todos os envolvidos na inauguração, cada detalhe estava perfeito. Muito sucesso a toda equipe Turquesa Modas e parceiros.

  

  

 

Inauguração Q Veste – São Ludgero

Na última sexta-feira, dia 04, a empresária Rosana Ceolin Alberton Buss recebeu amigos, familiares, parceiros e clientes para a inauguração da sua loja, Q Veste, tudo foi preparado com muito carinho para a recepção de todos, cada detalhe foi pensado junto com outros profissionais que auxiliaram a Rosana para a realização do seu sonho, tudo começou no meio familiar e depois de decidirem o nome e local, procuraram ajuda  de outros profissionais para participarem com eles da construção deste novo empreendimento. O grande dia da Q Veste teve a cobertura fotográfica da talentosa equipe da Paty Eventos.

   

 

A loja que fica localizada na Rua Padre Roher, nº 120, no Centro de São Ludgero, conta com um espaço amplo com opções de vestuário, calçados e acessórios, para os públicos, feminino e masculino. Rosana e seu marido Marcelo, contaram com a Effort Digital para auxiliar na criação de arte dos materiais e com as redes sociais da loja. A empresária, que já tinha experiência na área comercial, realizou seu grande sonho ao abrir a Q Veste, o projeto foi assinado pelo Arquiteto José Roberto Mendes Lemos, da Espaço A2, que também tem sede em São Ludgero, a loja ficou moderna e sofisticada, representando bem tudo o que ela tem a oferecer.

Adm. Bruna Goulart, sócia da Effort Digital com a empresária Rosana.

Arquiteto José Roberto Mendes Lemos (ao centro) com o casal de empresários Marcelo e Rosana.

A Q Veste conta com muita opção de marcas, dentre elas Gata Bakana, Ogochi, Bebecê, La Femme, Esmeral e Cavalera, tudo para atender a toda a região da melhor forma possível. Nós da Effort Digital parabenizamos a todos os envolvidos na realização deste evento e desejamos muito sucesso a toda equipe Q Veste.

  

Como fazer uso correto das Hashtags e ganhar maior visibilidade

A hashtag é o famoso “jogo da velha” que quando combinado com palavras ou frases escritas juntas, sem espaço, formam um link.

O uso das hashtag podem lhe ajudar a tornar sua publicação mais popular no instagram para um grupo de interesse.  Uma vez que as palavras chaves se transformam em link, elas ficam reunidas quando os usuários fazem uma busca, por isso fica mais fácil direcionar para os grupos do seu segmento, localização, etc.

É importante você usar hashtag que tenham relação com o seu negócio, como por exemplo uma panificadora especializada em produtos sem glúten e sem lactose, eles precisam atrair o publico que seja alérgico, tenham  intolerância, sensibilidade  ou faça uma dieta  que elimina alimentos que contenham, desta forma, a panificadora poderia divulgar fotos de seus produtos e informar nas Hashtags que não contém glúten e nem lactose e claro também informar os locais que atendem, assim quando alguém desses grupos pesquisar no instagram produtos sem glúten e/ou lactose irá direcionar para publicações da página da panificadora.

O uso das hashtag é importante para se conectar a clientes que, como já citado, pode ser direcionado a grupos de interesse, pode te ajudar a atingir novos públicos, usar as hashtag relacionadas com o seu produto ou serviço aumenta o público que pode encontrar o seu produto. Você pode testar várias palavras e frases e ver qual tem mais retorno para poder torna-las fixas. Através das mídias sociais é possível também efetuar vendas, tirar boas fotos e etiquetar fotos fica muito mais fácil no instagram ou outras redes de relacionamento.

Para ter uma maior eficiência nas redes sociais também é preciso tomar alguns cuidados:

  • Não exagere nas Hashtags: Não use # em tudo, sabe aqueles #textos #escritos #assim? Que cada palavra leva um jogo da velha a frente, é chato de ler e não fica visualmente agradável. Use hashtag apenas no final com algumas palavras chaves relacionadas ao seu negocio, não encha de hashtag ao final do texto.
  • Pesquise: Busque # relacionadas ao seu negócio, uma boa dica é procurar no instagram trends, lá é possível verificar um ranking com as hashtags mais utilizadas, mas atenção use apenas as que fazem menção ao seu segmento de mercado. Outra dica também é procurar no google trends, lá é possível ver as palavras e assuntos mais buscados, mas de novo, use  apenas as que são relacionadas ao seu ramo.
  • Crie sua própria Hashtag: Vale usar o seu nome ou de uma campanha sua, por exemplo se você fizer uma promoção de dia dos pais utilize o nome da campanha nas hashtage.
  • #NãoEscrevaPalavrasDemais: Não utilize uma frase com hashtag, elas são aceitáveis com frases de até 3 palavras curtas, mas quando elas ficam muito longas também ficam ruim para ler.
  • Atenção à ortografia: cuidado aos erros de ortografia, apesar de ter buscas com erros, elas não geram uma boa imagem para a sua marca, escreva corretamente cada palavra.

Tomando estes cuidados você conseguirá ter uma visibilidade bem maior e um perfil bem mais harmonioso. Agora que você já aprendeu sobre as hashtags, use com moderação ;)