Cuidado com as métricas da vaidade

A internet trouxe um mundo de possibilidades para os negócios, isso não é novidade, e com eles veio a possibilidade de medir o alcance de nossas ações nas mídias online. É possível saber quantas pessoas viram uma publicação, o alcance que ela teve de fato, o que não é possível com um outdoor ou publicação em jornal, no off-line o alcance é apenas uma estimativa que poderá ou não ser alcançada. Também é possível saber o número de pessoas “interessadas” pelo o seu conteúdo, porém, ter muitos fãs ou seguidores nada tem a ver com sucesso da marca, e ainda tem alguns cuidados a tomar, por isso interessadas entre aspas.

Vamos começar conceituando métricas:

Segundo Avinash Kaushik, o pai da web analytics, uma métrica é um número. Este número pode ser o número de leads, de visitas em um site, entre muitas outras comparações. A métrica por si só não são uma garantia de obtenção de resultados, para isso é preciso traçar as métricas com os objetivos e obter as chamadas KPI (indicadores de desempenho).

Levando em consideração apenas as métricas, por exemplo, podemos cair na pegadinha das famosas métricas da vaidade, que nada mais são do que número de fãs de uma página, seguidores de um perfil do instagram, número de curtidas em uma publicação, número de acesso em um site/blog, etc.

Sua fanpage tem muitas curtidas, muitos seguidores, mas qual a porcentagem desse número que realmente compra de você ou interage com a marca, ou que leu o texto até o final e encontrou o que precisava no seu blog?Na maioria das vezes nem metade. Já vi muitos perfis com um número elevado de curtidas e/ou seguidores, com 5 ou 10k, ou até mais, porém, nas publicações nem chegava a 50,100 curtidas, muito menos comentários ou compartilhamentos.

Existem sim os chamados “fãntasmas”, eles curtiram sua página, mas não interagem, estão ali só para observar ou fazer parte do número. Eles podem ser maiores se você realiza sorteio pedindo para curtir, seguir, e/ou compartilhar, por exemplo. Por isso, não se preocupe se a sua fanpage não tem um grande número de fãs, o importante é você obter resultados, alcançar clientes de verdade, fãs que interajam. Não se deslumbre com os números, trabalho de verdade leva tempo, e aos poucos, criando conteúdo você terá resultados e alcançará mais clientes.

Um cuidado extra que você deve tomar, é caso queira fazer uma parceria com um digital influencer ou blogueiro, você sabia que tem muitas pessoas que compram curtidas e seguidores nas redes sociais? Sim, tem mercado para isso também, existem algumas empresas que vendem seguidores e curtidas.

Você já deve ter visto alguns perfis que misteriosamente em pouco tempo obtém um K junto aos seguidores do instagram, em um dia tem 2 mil seguidores e no outro 16 K, isso não existe, este perfil não tem este número de seguidores reais, e você consegue perceber isso ao ver o número de curtidas na publicação, as vezes de 100 a 200 no máximo, as vezes um pouco mais.

Existem muitas pessoas preocupadas com essas métricas de vaidade, e você tem que tomar cuidado para não cair neste golpe, ao investir em um influenciador digital que diz ter 16K de seguidores, você tá investindo em um negócio que não terá o retorno esperado. Sim, isso é errado, poderia criar um publico real, só que leva tempo, e ele(a) não quer investir seu tempo, criando conteúdo de qualidade, para conseguir atrair um número grande de seguidores.

Portanto, tome cuidado, fiscalize, para então tomar a decisão de contar com um influenciador para divulgar seus produtos, para que de fato alcance o publico alvo da sua região, o que você almeja atingir. Não fique chateado se você perceber isso, só não deixe que o seu negócio caia nessa furada, e tenha calma que com tempo e conteúdo de qualidade os seguidores vão surgindo ;).