Posts

Planejamento estratégico

Com a ampla concorrência e grande volume de atividades é necessário se planejar todas as ações na sua empresa, com o marketing nas mídias sociais não é diferente.

Para isso é preciso seguir alguns passos.

Primeiramente é necessário que você conheça muito bem o seu público, a sua persona, a quem as ações serão direcionadas.

Depois de conhecer detalhadamente o seu público, que você já sabe o que ele precisa é hora de fazer o seu planejamento estratégico para cativar esta persona e atrair novas pessoas, que tenham um perfil parecido, para conhecerem a sua marca.

O planejamento pode ser anual, semestral, mensal, tudo depende dos seus objetivos. O ideal é que você estabeleça metas de curto, médio e longo prazo.

Abaixo você vai conferir algumas dicas importantes para fazer o seu planejamento.

Passos para o seu planejamento

Nas mídias sociais não basta só postar, é preciso que este post obtenha resultados, que na maioria das vezes deve ser levar conteúdo para o seu público, orientar o mercado, tirar dúvidas, etc.

  1. Conheça sua persona

Portanto, o primeiro passo, como já mencionado antes, é preciso conhecer o seu público, para quem você está criando conteúdo.  Pense que as suas redes sociais são uma vitrine, logo será a primeira impressão do seu cliente, desta forma, organize a casa para que seja atrativo e interessante para ele ficar e se sentir bem recebido.

Assim você também poderá escolher em qual rede social a sua marca será inserida, que deve ser aquelas em que o seu cliente mais interage.

Além também de definir os formatos do conteúdo: e-mail, foto, vídeo, blog, etc.

Como também definir os temas e frequência, que devem detalhados nas atividades lá na parte de metas e objetivos, que será descrito mais à frente neste post.

  1. Pense como um cliente

O primeiro passo é ver o seu negócio de outro ponto de vista, de fora, pensando como o seu cliente. Faça uma análise do que ele vê, qual a impressão que ele tem do seu negócio.

É importante também fazer uma pesquisa junto aos clientes, assim você pode ver de forma mais clara e analisar como o seu cliente vê a sua marca, qual a percepção dele.

Procure entender o seu cliente, afinal, o foco do planejamento é para que o seu público conheça e utilize os seus produtos e serviços.

Este passo é um dos mais importantes, serve como ponto de partida.

  1. Avalie seu concorrente

Os seus concorrentes também podem e devem ser uma fonte de informação para você fazer seu planejamento.

Você pode procurar saber quais estratégias eles estão utilizando e adequar para poder usar na sua empresa também.

Mas tome cuidado, inspiração é algo viável, mas copiar é plágio e pode causar uma má imagem da sua marca.

  1. Defina metas

É de extrema importância estabelecer metas, para saber onde você quer chegar e ir acompanhando cada passo para chegar lá.

Faça metas que você queira alcançar a curto, a médio e a longo prazo, assim fica mais fácil se alcançar a meta. A partir das metas você irá definir as atividades que serão necessárias para realiza-las, e assim, este planejamento deve ser passado a todos os setores da empresa, com as atividades que devem ser desenvolvidas por cada um.

  1. Aplicando o planejamento

Depois de concluir o seu planejamento com as metas e passos para alcançá-las é chegada a hora de colocar tudo em prática.

E mais importante do que colocar em prática é sempre monitorar cada atividade para ter certeza que será possível atingir os objetivos e metas traçadas no prazo estipulado.

Esse monitoramento pode ser feito de diversas formas. Existem vários softwares que auxiliam nesta etapa, mas você não precisa fazer grandes investimentos para realizar o seu planejamento, pode fazer no papel mesmo, quadro branco, ou ainda em programas gratuitos, como o Trello, você consegue organizar, tudo online, e ainda pode incluir a sua equipe, atribuir funções, confira aqui.

Desta forma, você consegue ter um controle do plano.

 

Então? Pronto para fazer o seu planejamento para o próximo ano?
oi@effortdigital.com.br | (48) 9 9848-1252

5 Livros que todo profissional de marketing deveria ler

Ler é sempre muito bom, é um hábito que deveria ganhar cada vez mas adeptos.

Seja ler um livro, um artigo, ou a bula do remédio.

Ler sobre negócios, biografias, música, contos, romances, thrillers, não importa.

O que importa de verdade é colocar o cérebro para trabalhar e absorver novas informações, palavras.

Aqui vamos indicar alguns livros que todo profissional de marketing deveria ler. Alguns não são sobre marketing, mas sobre gestão, porque consideramos importante conhecer outras histórias, marcas, e sobre como funcionam grandes empresas, ideias. Entender de negócios também é importante.

Vamos as indicações:

    1. Marketing na Era digital – Martha Gabriel

      Martha Gabriel é considerada o grande nome do marketing digital no Brasil. Descreve a importância das estratégias digitais. Fala sobre conceitos, planejamento, ambiente do marketing, plataformas e estratégias. Com certeza é um livro que todo profissional da área deve ler.
    2. Marketing 4.0 – do tradicional ao digital – Philip Kotler e ciaKotler é considerado o pai do marketing. Tem vários livros sobre o assunto, e este é uma atualização do livro marketing 3.0. Que trazia as fases: marketing orientado para o produto (1.0) Focado no consumidor (2.0) centrado no ser humano (3.0) e agora trás mais uma fase da mudança do tradicional para o marketing digital (4.0). Outro livro dele, que é um pouco mais técnico, que também vale a indicação é princípios do marketing.
    3. Seja foda – Caio CarneiroTalvez um livro sobre marketing pessoal, o titulo pode assustar mas, o conteúdo é bem diferente do que possa parecer.  No livro o autor relata alguns acontecimentos da vida dele, do início da carreira, e fala muito mais dos pilares que são importantes para que sejamos fodas, ou seja, que sejamos profissionais e pessoas muito melhores a cada dia. Relata como ver tudo de forma positiva o fez obter o sucesso que almejava.
      Leitura bem leve de se fazer, vale a pena, e você nunca mais irá se esquecer dos 5 pilares.
    4. Sonho Grande – Cristiane Correa
      Conta toda a trajetória do trio formado por Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira. Fala sobre os tropeços, estratégias, todas as fases para revolucionarem a economia no Brasil. Tinham o grande sonho e alcançaram. Hoje o grupo conta com várias grandes empresas, trouxeram marcas internacionais para o Brasil. Conquistaram um grande espaço com o jeito simples de levar a vida.
      Livro muito inspirador.

  1. Como fazer amigos e influenciar pessoas na era digital – Dale Carnegie e Associados
    Atualização do livro de como fazer amigos e influenciar pessoas, agora com uma visão digital, das mídias sociais. Muitos insights sobre como aumentar a rede de contatos através das mídias onlines.
    A como utilizar essas ferramentas a seu favor e da sua empresa. O livro é separado por vários passos divididos em 4 partes. 1 – Princípios essenciais, 2 – Seis modos de criar uma impressão duradoura; 3- Como merecer e manter a confiança dos outros; 4- Como conduzir a mudança sem resistência nem ressentimento.


    Esses são alguns dos livros que consideramos muito importante todo profissional de marketing ou empreendedor deveria ler. Têm algum outro livro que você considera importante? Mande pra gente, adoramos falar sobre livros <3 (48) 9 9848-1252.


100 livros para você ler e aprender a enriquecer

Gatilhos mentais: Como utilizar nas estratégias de marketing

Todos os dias tomamos muitas decisões, que vão desde decidir o que vamos comer, que roupa vamos usar, ir ou não para uma festa, assistir a uma série. Tomamos decisões o dia todo.

Não é diferente nas decisões de consumo de produtos ou serviços.

E você pode usar alguns gatilhos na sua estratégia de marketing que auxiliam as pessoas a decidir por uma coisa ao invés de outra.

E o que são gatilhos?

São decisões que tomamos no piloto automático.  Nosso cérebro sempre tanta poupar energia, e por isso ele segue caminhos de decisões que já tomamos anteriormente, caminhos conhecidos.

Ou seja, gatilhos mentais são facilitadores do nosso cérebro.

Exemplos de gatilhos mentais

Um exemplo de gatilho que funciona muito bem é a reciprocidade, ele é o gatilho mais nobre e pode ser usado em qualquer negócio. Sempre ofereça materiais gratuitos para seu público. Até quando for vender algo, dê uma amostra grátis do seu produto ou serviço. Assim, a pessoa ficará com a sensação de que está te devendo um favor e precisa retribuir de alguma forma, seja cadastrando o e-mail na sua lista ou mesmo comprando um de seus produtos ou serviços.

 E o mais importante: tenha a reciprocidade como um hábito.  A sensação de ajudar as pessoas e se sentir útil é imensurável, por mais que gerem frutos para o seu negócio, os ganhos vão muito além do que a ciência consegue explicar.

Outro gatilho muito interessante é o “porque”, por mais que a maioria de nossas decisões é feita no âmbito do inconsciente, nossa mente sempre procura razões para justificar nossas escolhas.

Gatilhos mentais como escassez e urgência também funcionam muito bem. É aquele ditado de que temos que perder para dar valor. Quando o cliente não está totalmente seguro da compra, pensar que talvez possa nunca mais ter a chance de obter pode influenciar a agir.

O gatilho de urgência é ligado ao tempo. O uso das frases: compre agora mesmo, ou comece ainda hoje, geram um alerta de que se não adquirir naquele momento pode nunca mais ter a chance de ter aquele produto ou serviço ou até mesmo com aquele preço.

O gatilho da autoridade, ter uma presença forte também influencia. Quando a marca mostra que realmente entende do assunto gera um conforto maior ao consumidor, um sentimento de que ele fez a escolha certa. Depoimentos de clientes também podem auxiliar neste processo de decisão como um gatilho, uma vez que influência.

Prova social. Se você tivesse que escolher entre um restaurante com fila de espera e um totalmente vazio? Provavelmente escolheria o restaurante lotado, uma vez que temos medo de nos decepcionar. Então a decisão de escolher por um que tem um número maior de procura nos deixa mais seguros de que tomamos a decisão certa.

O ser humano tem uma necessidade de pertencer a grupos. Então novamente, use os depoimentos a seu favor. Marketing boca a boca ainda funciona muito bem.

O gatilho da antecipação. Quando for lançar um novo produto ou serviço, planeje a divulgação semanas ou até meses antes, e vai soltando informações aos poucos. Isso irá gerar uma curiosidade e fará mais pessoas acompanharem o seu negócio.

A novidade também funciona, uma vez que o ser humano adora algo novo. Elas nos tiram da nossa zona de conforto e despertam o alerta e interesse. As empresas de automóveis utilizam muito deste gatilho.

De tempos em tempos faça atualizações significativas em seus produtos ou serviços. Além de utilizar o atalho mental você não vai deixar sua marca ser obsoleta.

Utilizando os gatilhos mentais citados acima você vai dominar a persuasão e aumentar suas vendas.