Posts

Internet das coisas (IoT – Internet of Things).

Quando falamos em revolução tecnológica não podemos deixar de falar de internet das coisas, mas afinal, o que é isso?

É a forma como todas as coisas são conectadas e se comunicam entre si e com os usuários. Todos os objetos são conectados por internet. O resultado disso é um mundo mais inteligente e responsivo. Mas de que coisa estamos falando? De qualquer coisa. Por exemplo, você chega em casa depois de um longo dia de trabalho e destrava a porta não com uma chave, mas usando o aplicativo no seu celular, acende as luzes, liga a TV, controla a temperatura do ambiente, coloca o forno para aquecer para assar o jantar, recebe uma confirmação de recebimento do mercado do pedido que receberam mediante o aviso da sua geladeira e maquina de lavar, que enviaram um aviso quando acabou o leite e o sabão em pó, tudo isso enquanto tá deitado no seu sofá fazendo tudo pelo celular ou tablet, futuro? Não mesmo, isso é real, estamos vivendo essa era.

Aos poucos vamos tendo em nossas vidas objetos com tecnologia IoT. Como por exemplo, a pulseira inteligente, que registra movimentos dos usuários para ajudá-los a entender melhor sua saúde. Sem falar nos novos espelhos, além de refletirem, possuem no fundo telas parecidas com a de um celular ou de uma smart TV,  capazes de mostrar feeds de notícias, vídeos e outras informações, como analisar sua pele e dar dicas de cuidados e beleza.

Podemos também ter assistentes virtuais, como a Siri do Iphone por exemplo, porém, nestes casos,  eles são capazes ainda de auxiliar nas tarefas domésticas, como atualizar a lista de supermercado, tocar um determinada música, ligar e desligar outros aparelhos da casa, telefonar para um familiar e assim por diante.

Incrível não é mesmo?

Dica de série: O seriado Black Mirror mostra muito bem questões da realidade da internet das coisas de uma forma talvez, até um pouco chocante, trata de um conflito entre a tecnologia e a natureza humana. Vale a pena assistir para refletir. A série tá disponível na Netflix. Confesso que fiquei refletindo por algum tempo, e até com um pouco de receio, com alguns dos episódios, já que eles tratam de uma forma bem extrema.

Atualização do Instagram organiza comentários em forma de tópicos

Sabe quando você marca um amigo, ou responde ele, em uma imagem no instagram, e  depois fica perdido no meio de uma imensidão de comentários? Aqueles milhares de comentários acabam dificultando a nossa vida não é mesmo? Mas ao que tudo indica nossas problemas acabaram (ufa).

Essa semana o aplicativo divulgou uma nova atualização. O instagram vai organizar os comentários em tópicos. O que vai facilitar e muito a organização das conversas em publicações do app. A partir desse “update” quando você responder a algum comentário, sua resposta irá ficar agrupada logo abaixo. O instagram passou a ficar parecido com o facebook. Como visto na imagem abaixo!

Foto: Divulgação/Instagram

Em nota, a empresa afirmou: “Os tópicos de comentários ajudam você a acompanhar as conversas e facilitar a resposta a um tópico específico. Esta atualização tornará seu feed um lugar ainda melhor para compartilhar interesses, se inspirar e se conectar com outros“.

As atualizações estarão disponíveis para os usuários nas próximas semanas.
Nós adoramos a novidade, e vocês?

 

Grazieli L. Philippi,

24 anos, administradora, pós graduanda em marketing digital, sócia administradora da Effort Digital e que gosta de ler e escrever nas horas vagas.

Quer conhecer a Effort Digital? Nos siga nas redes sociais. Facebook e instagram

Como fazer uso correto das Hashtags e ganhar maior visibilidade

A hashtag é o famoso “jogo da velha” que quando combinado com palavras ou frases escritas juntas, sem espaço, formam um link.

O uso das hashtag podem lhe ajudar a tornar sua publicação mais popular no instagram para um grupo de interesse.  Uma vez que as palavras chaves se transformam em link, elas ficam reunidas quando os usuários fazem uma busca, por isso fica mais fácil direcionar para os grupos do seu segmento, localização, etc.

É importante você usar hashtag que tenham relação com o seu negócio, como por exemplo uma panificadora especializada em produtos sem glúten e sem lactose, eles precisam atrair o publico que seja alérgico, tenham  intolerância, sensibilidade  ou faça uma dieta  que elimina alimentos que contenham, desta forma, a panificadora poderia divulgar fotos de seus produtos e informar nas Hashtags que não contém glúten e nem lactose e claro também informar os locais que atendem, assim quando alguém desses grupos pesquisar no instagram produtos sem glúten e/ou lactose irá direcionar para publicações da página da panificadora.

O uso das hashtag é importante para se conectar a clientes que, como já citado, pode ser direcionado a grupos de interesse, pode te ajudar a atingir novos públicos, usar as hashtag relacionadas com o seu produto ou serviço aumenta o público que pode encontrar o seu produto. Você pode testar várias palavras e frases e ver qual tem mais retorno para poder torna-las fixas. Através das mídias sociais é possível também efetuar vendas, tirar boas fotos e etiquetar fotos fica muito mais fácil no instagram ou outras redes de relacionamento.

Para ter uma maior eficiência nas redes sociais também é preciso tomar alguns cuidados:

  • Não exagere nas Hashtags: Não use # em tudo, sabe aqueles #textos #escritos #assim? Que cada palavra leva um jogo da velha a frente, é chato de ler e não fica visualmente agradável. Use hashtag apenas no final com algumas palavras chaves relacionadas ao seu negocio, não encha de hashtag ao final do texto.
  • Pesquise: Busque # relacionadas ao seu negócio, uma boa dica é procurar no instagram trends, lá é possível verificar um ranking com as hashtags mais utilizadas, mas atenção use apenas as que fazem menção ao seu segmento de mercado. Outra dica também é procurar no google trends, lá é possível ver as palavras e assuntos mais buscados, mas de novo, use  apenas as que são relacionadas ao seu ramo.
  • Crie sua própria Hashtag: Vale usar o seu nome ou de uma campanha sua, por exemplo se você fizer uma promoção de dia dos pais utilize o nome da campanha nas hashtage.
  • #NãoEscrevaPalavrasDemais: Não utilize uma frase com hashtag, elas são aceitáveis com frases de até 3 palavras curtas, mas quando elas ficam muito longas também ficam ruim para ler.
  • Atenção à ortografia: cuidado aos erros de ortografia, apesar de ter buscas com erros, elas não geram uma boa imagem para a sua marca, escreva corretamente cada palavra.

Tomando estes cuidados você conseguirá ter uma visibilidade bem maior e um perfil bem mais harmonioso. Agora que você já aprendeu sobre as hashtags, use com moderação ;)

Como as mídias sociais podem ajudar a fortalecer a sua marca?

Atualmente as redes sociais são as maiores aliadas das organizações, além de ter um baixo custo elas trazem resultados eficientes junto aos usuários.

As ações nessas plataformas podem estreitar o relacionamento com o cliente, além de usar para divulgar a sua marca, pode ser facilmente usada para trocas de informações ligadas ao ramo em que atua.

Um bom trabalho nas redes sociais pode trazer grandes resultados financeiros para a sua empresa e, ainda, fortalecer a sua marca perante os consumidores.

A tarefa mais importante do marketing é fazer com que seus clientes sejam fiéis à marca. Garanto que você mesmo já se pegou falando bem de uma loja ou produto de determinada marca, não é mesmo? É preciso fazer com que os seus clientes o reconheçam e façam ligações positivas, desta forma, o indiquem, ou seja, façam o famoso marketing boca a boca, que, segundo Sernovitz (2012), “é um meio de dar às pessoas um motivo para falar a respeito dos produtos e serviços de uma organização, facilitando a ocorrência dessa conversa”.

Para tanto, você pode usar as mídias sociais para fortalecer esse laço, para ser sempre lembrado. Existe uma infinidade de redes sociais, o facebook, instagram e twitter, são os mais populares, e você pode aproveitar  os horários nobres dessas redes para divulgar. A sua marca pode estar presente também no: linkedIn, flicker, pinterest, tumblr, o próprio medium entre tantas outras. Cabe a você analisar o seu ramo e quais trarão mais resultados e serão viáveis para o seu negócio.

Adm. Grazieli Loch Philippi
Sócia administradora da Effort Consultoria em Marketing

“Curtiu” esse texto? Então compartilhe com os seus amigos para que chegue a mais pessoas!

Referência

SERNOVITZ, Andy. Marketing boca a boca: como as empresas inteligentes levam as pessoas a falar delas; São Paulo: Cultrix, 2012.

http://www.hytrade.com.br/nove-grandes-ideias-do-livro-marketing-boca-a-boca-como-as-empresas-inteligentes-levam-as-pessoas-a-falar-delas/